A IMAGEM DE JACQUES AUMONT EM PDF

Daisar Refresh and try again. To see what your friends thought of this book, please sign up. Learn more about Amazon Prime. Pavel rated it really liked it Oct 17, If you are studying photography, cinema, aesthetics and even psychology this is a good guide.

Author:Zulkikazahn Maladal
Country:Malta
Language:English (Spanish)
Genre:Science
Published (Last):17 May 2015
Pages:242
PDF File Size:5.93 Mb
ePub File Size:11.65 Mb
ISBN:407-3-71541-922-7
Downloads:88976
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Nikokus



A Parte do Espectador trata de questes psicolgicas e cognitivas. Primeiro, intenes por trs da produo e visualizao das imagens.

Em seguida, iluso representativa. O captulo fechado com aproximao com psicanlise. O autor fala sobre o olho, e como o mesmo no age apenas como um transmissor de dados, e sim de acordo com o indivduo, o espectador. A relao do espectador com a imagem pode ser influenciada por diversos fatores que envolvem o mesmo, como o perodo, suas crenas, cultura, etc.

A partir dai o autor se arrisca a iniciar uma explicao acerca da psicologia do espectador, assunto ao qual diz ser difcil propor um modelo para se compreender. A seguir, tenta-se ento definir a funo da imagem, que tambm dividida pelo autor em trs categorias: O modo simblico, o modo epistmico, e o modo esttico.

Assim vimos a imagem como funo de criao de smbolos religiosos, tambm como funo de conhecimento, e tambm de agradar o espectador. A exemplo disso temos as primeiras imagem, smbolos religiosos, um modo simblico de estabelecer relao com o mundo, na idade mdia, j surgiam as imagens que buscavam trazer alguma informao visual, j no modo esttico as imagens tentam oferecer sensaes especficas, o que podemos unir a noo de arte.

Alm disso, ambas essas funes podem coexistir em uma imagem, dificilmente uma imagem ter apenas uma dessas funes. Ex atual: publicidade A memria e a imagem: O reconhecimento e a rememorao. Comparar o que vemos ao que j vimos. Ex: reconhecer pessoas por traos que j guardamos das mesmas.

J a rememorao um encontro da experiencia visual com a imagem, Ex: identificamos por exemplo, uma rvore em um desenho infantil, pois mesmo que o trao no seja to perfeito, apresenta similiaridades.

A imagem. Campinas: Papirus, Interesses relacionados.

NEEVIA TECHNOLOGY COMPRESS PDF

Jacques Aumont PDF

.

LEI 7102 DE 1983 PDF

Resenha Sobre A Imagem

.

JENNIFER CRUSIE BET ME PDF

Livro: A Imagem (pdf)

.

Related Articles